O maravilhoso header é cortesia da Palmier Encoberto. Quem mais?

sábado, abril 20, 2013

Escrava day

E pronto, quem não nasceu dondoca, pode ter um dia ou outro para criar ilusão, mas acaba sempre amarrada ao tronco.
Cá estou eu. A trabalhar. Um sol radioso lá fora e eu...a vê-lo pela janela. Mai logo vejo a lua. Sim, que isto é até à meia-noite.
Ainda por cima logo hoje, que queria muito, muito, ter ido ao evento "Todos por um". De manhã foi completamente impossível, sozinha com as migalhas com aula de música pelo meio (ainda me tentei despachar para ver se ia antes, mas já não deu) e depois...buáááááá bulir.
Bom, já ajudei, mas mesmo assim queria estar presente, fazer número. E já agora falar com alguém cara a cara sobre a minha impossibilidade de ser dadora. Vivo tão bem com os meus glóbulos vermelhos pequeninos e defeituosos, que até me custa a acreditar que só por isso, não possa ser dadora. Uma medulazinha com a qual vivo tão feliz...
Espero que o evento tenha sido um sucesso e que haja dinheirinho para correr atrás de uma cura. Não estive presente fisicamente, mas com o Rodrigo no pensamento a cada minuto. Sorte, toda a sorte do Mundo, é o que lhe desejo.
E agora...fazer mais qualquer coisa ao patrão (bocejo gigante).

Sem comentários:

Publicar um comentário

Comenta, não pagas nada e eu fico toda contente