O maravilhoso header é cortesia da Palmier Encoberto. Quem mais?

sexta-feira, novembro 14, 2014

Fanico

Quando calho a ver o sorteio do euromilhões, chega-se-me um aperto ao pescoço, a ver se saem os números que por ser um cruzamento de arara com barata tonta costumo jogar mas não joguei, que se aquilo um dia calha, quedo-me dura e fria em frente à TV.

3 comentários:

  1. Respostas
    1. Mudo logo de canal. Prefiro nem saber!

      Eliminar
  2. Uma vez, ainda não havia euromilhões, a minha mãe decidiu apostar numa chave de totoloto diferente da que jogava há vários anos. Saiu essa chave. A minha mãe nunca mais alterou a chave, e quando começou a haver a possibilidade de fazer uma aposta automática, foi o que começou a fazer.

    De outra vez a minha mãe esqueceu-se de registar o boletim. A chave saiu.

    Das duas vezes a minha mãe ia colapsando. De uma delas, ela e o meu pai estavam desempregados.

    Não estamos destinados a ser excêntricos, é assim.

    ResponderEliminar

Comenta, não pagas nada e eu fico toda contente