O maravilhoso header é cortesia da Palmier Encoberto. Quem mais?

sábado, novembro 08, 2014

Enfiada na cama desde as dez da noite

Ultimamente tenho feito um esforço grande para me obrigar a não preencher os fins de semana com programas para crianças.
Assim quando eles me perguntam, "o que vamos fazer hoje", respondo:
- Descansar
Já bastam as manhãs cheias de actividades, é uma lufa-lufa de todo o tamanho, uma vai para a ginástica, outra para a natação, cada uma para seu lado e a horas que quase colidem, quando dou por mim antes da hora de almoço já não posso com uma gata pelo rabo.
Por isso, a cena agora é modo caseiro.
Hoje arrumei (finalmente) as roupas de verão de Migalhas lá bem em cima no roupeiro, já adivinhando que para o ano uma parte não vai servir-lhes e outra não me vai encher as medidas. Provavelmente nem a elas.
Foi tempo de olhar para a roupa do Inverno passado e para elas, e ver como cresceram em meia dúzia de meses, tanta coisa com guia de marcha para outras crianças mais novas, ou pelo menos, mais pequenas.
Enquanto isso, Migalhas inventam brincadeiras, de meias nos pés,  fazem tendas com cadeiras e mantas, brincam às discotecas onde só toca o musicol da Violletta, molham bolachas em chá quente, e dormitam a ver televisão.
E digo-vos, parece que me saiu um peso de cima por me decidir a não andar do cinema para o teatro, do teatro para o museu, do museu para o oceanário, ou planetário, ou outro qualquer sítio daqueles onde hiper estimulamos as nossas crianças, coitadas, não vão elas estupidificar.
Ainda receei que tanto descanso durante o dia, os transformasse em três pestes hiperactivas pela noite,  mas não.
Por exemplo hoje, dormem que nem uns anjos desde as dez horas, hora a que decidi mergulhar (também) o esqueleto cansado nos lençois (caraças, já começam a estar frescos os lençois quando me deito).


2 comentários:

  1. Dás chá às crianças??
    A minha alma está parva!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Errrr...sim...desde sempre... Tem problema?

      Eliminar

Comenta, não pagas nada e eu fico toda contente