O maravilhoso header é cortesia da Palmier Encoberto. Quem mais?

sábado, dezembro 14, 2013

Vá para fora cá dentro

Travesseiros e bolachas de manteiga de Sintra, pupias de Alcácer, croissants de Oliveira do Douro, pampilhos de Santarém, bolo rei de castanha de Bragança, coscorões de Serpa, filhós da Sertã,  barricas de ovos moles de Aveiro, suspiros das Caldas da Rainha, jesuítas de Santo Tirso, raivinhas de Aveiro, esses de Alcáçovas, rebuçados de Mértola, folar de Mirandela, empadas de galinha de Castelo Branco, empadas de Leitão de Negrais, pasteis de Chaves.
Acompanha com vinho da Adega de Freixo de Espada à Cinta e ginjinha de Óbidos.
Tudo tudo numa pastelaria da avenida Guerra Junqueiro, em Lisboa.
Todos os sábados salivo abundantemente por aqui.

4 comentários:

  1. E do mesmo lado da rua mas mais acima, já na praça de Londres as melhores castanhas assadas de Lisboa :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já as cheirei, ainda não as provei.

      Eliminar
  2. O Astro, claro.
    E sim, não há castanhas melhores que aquelas, grandes e saborosas, uma delícia!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é o Astro, É mais acima. Mas as "especialidades" são as mesmas. Tem uma coisa que adoro, fotografias de pratos com excertos de livros do Eça que descrevem o dito. Eu como adoro Eça...

      Eliminar

Comenta, não pagas nada e eu fico toda contente